top of page
  • lacosescolatf

Namoro? Para quê?

🤍 Liberdade de escolha

Pessoas se encontram, flertam e começam a namorar. Esse processo permite irem se conhecendo, e após um período de convívio e avaliação, decidirem se querem casar, formarem uma família.


Contudo, este costume tradicional ocidental vem mudando ao passar dos anos.


Antigamente e na atualidade em algumas sociedades, os pais é que faziam os acordos matrimoniais, os nubentes só se encontravam na hora do casamento. Esses casamentos eram basicamente entre homem e mulher.


🤍 Relação homoafetiva

Na atualidade, em vários países, o casamento entre pessoas do mesmo gênero, já é aceito. Registros de casamentos homoafetivos aumentaram 20% no Brasil, segundo IBGE*.


🤍 A liberdade de não ter compromisso.

A nova geração vem buscando outras formas de vínculo social. O mais recente chama-se AGAMIA, e tem como base o desinteresse em firmar um relacionamento romântico, passando também pela intenção em não ter filhos.


No Brasil, o número de pessoas solteiras era de 81 milhões, e das casadas, 63 milhões, em 2023.


🤍 Mudança legislativa no conceito de família.

No Congresso tramita uma proposta de alteração do Código Civil. O novo texto compreende que “a família se forma por vínculo conjugal ou não conjugal”, alargando o conceito familiar. As formações citadas são família de casal que tenha “convívio estável, contínuo, duradouro e público”; família monoparental, formada por pelo menos um pai ou uma mãe e seu descendente, “independentemente da natureza da filiação”; família não conjugal, formada pelo convívio de pessoas “sob o mesmo teto com compartilhamento de responsabilidades familiares”.


Continuamos participando de uma mudança no conceito de família, mais realista e próxima dos anseios das pessoas.


Nota:

* Os dados da Pesquisa de Estatísticas do Registro Civil, do IBGE, referentes ao ano de 2022 e primeiro trimestre de 2023. Ao todo, 11.022 casamentos homoafetivos foram firmados: 20% a mais na comparação com 2021. Estas uniões, no entanto, representam 1% dos registros.


Fonte:



0 visualização0 comentário

Comentarios


bottom of page